SISTEMA DE GESTÃO AMBIENTAL, sabe o que é?

O conceito de Gestão Ambiental encontra-se associado à gestão que fazemos dos recursos naturais. O Sistema de Gestão Ambiental, (SGA) é um dos instrumentos com mais potencialidades para o alcance de um comportamento eficiente pelas empresas, sendo o principal objetivo a integração da gestão ambiental na gestão global da empresa. 

As empresas têm responsabilidades tanto na criação de riqueza, como na proteção do Ambiente, pelo que a adoção de práticas de gestão ambiental que lhes permitam um conhecimento claro dos impactes provocados, possibilitam uma clara vantagem competitiva pois as questões ambientais deixarão de ser um custo, passando a ser um motor de inovação tecnológica e de crescimento económico.

Como exemplo ilustrativo destaca-se a substituição da Economia Linear pela Economia Circular, com efetivas vantagens sobre a rentabilidade do negócio e redução substancial dos impactos ambientais.

 

De facto, o Sistema de Gestão Ambiental,de uma empresa define-se como a parte do sistema global de gestão, que inclui estrutura organizacional, atividades de planeamento, definição de responsabilidades, práticas e procedimentos, processos e recursos para desenvolver, implementar, alcançar, rever e manter a política ambiental definida pela empresa. A sua implementação obedece aos requisitos da norma ISO 14001. 

 

VANTAGENS DA IMPLEMENTAÇÃO DE UM SISTEMA DE GESTÃO AMBIENTAL

SATISFAÇÃO DOS CLIENTES: o cliente ou consumidor está cada vez mais consciente sobre a relevância da cadeia de valor e do seu impacto no meio ambiente. A melhoria da imagem junto dos clientes e demais partes interessadas, como sejam a sociedade onde se insere, são amplamente conseguidas.

CONQUISTA DE NOVOS MERCADOS: a preocupação ambiental é um fator de competitividade. Assim é facilitada a incursão por novos mercados com uma aposta na diferenciação, captação de novos clientes e valorização perante outros players.

REDUÇÃO DE CUSTOS: quer seja pela eliminação de resíduos, pela redução do “supérfluo” ou reaproveitamento de subprodutos. São ainda exemplos a utilização racional de água, energia e matérias primas. As práticas alinhadas com a política ambiental são aplicadas transversalmente a todos os domínios de influência da empresa.

RISCO DE NEGÓCIO MAIS CONTROLADO: a organização do sistema de gestão ambiental prepara melhor as empresas, reduzindo sua a exposição a incumprimentos passiveis de serem sujeitos a multas, ações legais ou outras.

MAIOR FACILIDADE NA OBTENÇÃO DE FINANCIAMENTO: o financiamento junto das instituições bancárias, projetos de apoio, ou outros, são mais facilmente aceites por empresas com um bom desempenho ambiental.

 

Não espere mais! Aposte agora no seu FUTURO, e desenvolva o seu negócio!

Contacte-nos!